.

.

22 de junho de 2018




 Irmãos e amigos, oremos pelo pastor Feliciano Amaral. Esta internado no Hospital das Clínicas de Porto Velho, onde está tratando uma pneumonia com derrame pleural. O quadro é grave, mas estável.
"Não estou sozinho, eu tenho um Amigo
Em meio aos perigos, presente Ele está
Não me desampara em meio a jornada
Jesus Companheiro, comigo estará..."





21 de junho de 2018

Como se cura uma ferida



“Cura-me, Senhor, e serei curado; salva-me, e serei salvo, pois tu és aquele a quem eu louvo.” (Jeremias 17:14-14)
Há feridas tão fáceis de tratar, não é mesmo?! É só tomar um analgésico, um antiinflamatório e pronto, está tudo resolvido! E quando a ferida é profunda e está no mais íntimo do nosso ser, onde ninguém pode ver, muito menos tocar? Como se cura uma ferida assim? Existem situações que geram estragos em nossa vida. A falta de perdão, por exemplo, é devastadora. Feridas profundas são abertas em nossa alma quando não perdoamos àqueles que nos ofenderam. E as perdas então? Perdas são sempre dolorosas, principalmente quando dizem respeito às pessoas que nos amam e que nós amamos tanto também.
Mas, ainda bem que existe Alguém que conhece a nossa dor e o nosso interior melhor do que nós mesmos: “Eu sou o Senhor que sonda o coração e examina a mente…” (Jeremias 17: 10) Ainda bem que Ele viveu nessa terra e soube o que é o sofrimento: “Foi desprezado e rejeitado pelos homens, um homem de tristeza e familiarizado com o sofrimento…” (Isaías 53:3) Ainda bem que Ele é Quem tem o poder de curar as feridas do nosso coração: “Só ele cura os de coração quebrantado e cuida das suas feridas.” (Salmos 147:3) Ainda bem que Ele não desiste de nós e sempre nos convida: “Vinde a mim…” (Mateus 11: 28 – 29)
Bem disse o profeta Jeremias: “Mas bendito é o homem cuja confiança está no Senhor, cuja confiança nele está.” (Jeremias 17:7) Todo aquele que se aproxima de Deus, que confia Nele e tem Nele a sua salvação, encontra a cura que precisa. Ele não despreza o ferido, pois, é um Deus compassivo, cheio de amor, graça e perdão. Ele nos acolhe em seus braços e sara as nossas feridas. Quem se dispõe a rasgar o coração diante de Deus e confessar seus pecados sempre encontrará cura, perdão e restauração.
Deus deseja curar as feridas do seu coração, creia nisso! Volte-se para Ele em oração e conte a Ele tudo que te causa dor. Derrame-se aos pés do Senhor. Ele enxugará suas lágrimas, sarará seu coração partido e lhe dará uma nova perspectiva de vida. Talvez a sua dor persista por um tempo ainda. Mas, creia que a Presença de Deus, a sua paz que excede todo o entendimento, será tudo o que você precisa para atravessar esse momento de tanto sofrimento.
O Pai ama você, Ele está cuidando de você e Ele deseja curar você!
Andréia Rocha S. Arruda.
https://palavradehojeblog.wordpress.com/






16 de junho de 2018



Joelhos dobrados



“Quando Daniel soube que o decreto tinha sido publicado, foi para casa, para o seu quarto, no andar de cima, onde as janelas davam para Jerusalém. Três vezes por dia ele se ajoelhava e orava, agradecendo ao seu Deus, como costumava fazer.” (Daniel 6:10)
O ato de estar de joelhos dobrados diante de Deus é a demonstração do quanto reconhecemos a Soberania Dele sobre as nossas vidas e o quanto necessitamos Dele para prosseguirmos. Dificilmente nos rendemos à Deus desta forma. Dobrar os joelhos requer uma disposição interior de parar por um tempo, diariamente, e dedicar este momento ao Criador.
Tantas outras coisas aparecem como sendo mais importantes e urgentes, que deixamos de lado este momento sublime de dobrar nossos joelhos diante do Rei dos reis e Senhor dos senhores. Precisamos ter uma consciência latente e clara de quem Ele é e quem nós somos. Se de fato reconhecemos que somos apenas barro em Suas mãos, não teremos dificuldade de nos curvar diante Dele e de nosso próximo quando for preciso.
Uma coisa é fato, de nada adiantará dobrar os joelhos se a nossa alma também não se dobra junto! Seria mascarar uma falsa adoração e isto é reprovável diante de Deus, até porque Ele conhece muito bem o nosso interior e sabe de todas as nossas motivações e intenções.
Que Deus nos ajude a estarmos completamente envolvidos na adoração à Ele, com todo o nosso ser, espírito, alma e corpo, submetidos ao seu Senhorio. Que o Espírito Santo de Deus nos ajude a resgatar a beleza de dobrar nossos joelhos em adoração ao Senhor, que o nosso coração seja quebrantado e contrito em todo o tempo!
Andréia Rocha S. Arruda.

fonte ; https://palavradehojeblog.wordpress.com/




13 de junho de 2018




























5 de junho de 2018


Um discípulo de verdade


“Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. (Filipenses 2: 7 e 8)
Uma vida cristã autêntica é pautada em princípios e valores contrários aos estabelecidos na sociedade. É uma lógica paradoxal, onde quem deseja ganhar, deve primeiro perder (Mateus 16:25). Quem deseja ser o primeiro, deve ser o último, e aquele que deseja ser o maior, o mais importante, que sirva a todos (Marcos 10: 43).
Ser discípulo de Jesus, andar como Ele andou, e viver como Ele viveu, é estar disposto a caminhar na contramão do mundo. É negar-se a si mesmo, é tomar a sua cruz e seguir os passos de Jesus: “E chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me.” (Marcos 8:34) É estar disposto a humilhar-se, esvaziar-se de si mesmo, para que Jesus encontre espaço a fim de habitar e governar o nosso coração.
Homens e mulheres cheios de si mesmos não podem ser verdadeiros discípulos, pois, não há espaço para o Mestre agir. Não há espaço para o derramar diário do Espírito Santo de Deus. Quem não reconhece sua miséria espiritual e não compreende o quanto é carente da graça de Deus, jamais se renderá inteiramente ao senhorio de Cristo. Jesus jamais será o seu bem mais precioso, pois, cheios de vaidade, de arrogância, de orgulho, de autossuficiência, estão satisfeitos em si mesmos.
Humilhar-se como Jesus o fez, revela a grandeza de um coração que reconhece que antes se encontrava perdido, ferido, sujo pelo pecado e que agora tem uma consciência clara da obra redentora, reparadora e curadora de Cristo. Entende que só pela graça de Deus é possível ser grande, mesmo sendo pequeno diante dos homens. É saber que servindo aos outros, humilhando-se, sendo muitas vezes desprezados pelos homens, encontra em Deus a recompensa, o reconhecimento, de verdadeiros discípulos, de servos eficientes e de melhores amigos do Pai. Pense nisso.

Andréia Rocha S. Arruda.
fonte; https://palavradehojeblog.wordpress.com
























Edson coelho - ó foi por mim

Luiz de Carvalho - Jesus esta chamando

Rocha Eterna louvores inesquecíveis

Gostou do Blogger ??? ,deixe seu comentário

Seguidores

Marcadores

Tecnologia do Blogger.

.

.

Seguidores

Pesquisar este blog

Rádio Web Hinos Inspirados


Rádio RAÍZES EVANGÉLICAS


Rádio SANTUÁRIO LÍRIOS DOS VALES


POSTAGEM EM DESTAQUE

Elon Cavalcante - Caminho Florido

.

.

CLIK AQUI PARA CURTIR NOSSA PAGINA FECEBOOK

ESCREVA UMA MENSAGEM AQUI

Lourival de Freitas e Marinalva de Jesus - Coroa da Vida

EULA PAULA - AMOR SINTO EM MIM

JAIR PIRES - CONSERTANDO O ALTAR

TRIO MARANATA - ENTRE OS LÍRIOS

Jacira Silva - O Lugar de Todo Crente

homenagem a Feliciano Amaral

Sara Araujo - pode Alguém

Cicero Nogueira Momentos Finais

Translate

visitantes